Júris

  • Texto
  • Ilustração
  • Texto _Eduardo Sa

    Eduardo Sá

    Psicólogo, Psicanalista, Professor na Universidade de Coimbra e no Instituto Superior de Psicologia Aplicada, em Lisboa. Director Clínico da Clínica Bebés & Crescidos.

    Colabora na Antena 1 e Revista Pais & Filhos.

    Autor de livros de psicopatologia, psicologia do bebé e de psicanálise e de livros de educação parental como, por exemplo, Más maneiras de sermos bons pais; A vida não se aprende nos livros; Tudo o que o amor não é; Chega-te a mim e deixa-te estar; Nunca se perde uma paixão, Agenda dos Pais, Dorme Bebé e, o mais recente, Queremos Melhores Pais!

  • Texto _Isabel Zambujal

    Isabel Zambujal

    Isabel Zambujal nasceu em Lisboa em 1965.  Cedo percebeu da importância das ideias e das palavras e passou os seus dias no departamento criativo das grandes agências de publicidade.  Em 2014, já ocupando um dos lugares da Direção Criativa da Ogilvy Portugal, deixou o frenesim das agências e ganhou silêncio e tempo para se dedicar à escrita.

    “A Menina que sorria a dormir”, “Histórias Escritas na Cara”, “Auto do Cruzeiro do Inferno” e as Coleções  “Saltinhos”, “Vou Pensar Nisto” e  “Os Grandes Compositores”, também lançados no Brasil, Colômbia, Espanha e Bélgica , são apenas alguns títulos da sua autoria, vários deles presentes no Plano Nacional de Leitura. Em 2015, acaba de lançar o conto “Dias Felizes de uma Nódoa Teimosa” .

     

  • Sara Miranda

    Sara Miranda

    Nasceu em 1973, estudou Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova e, depois de um estágio no Público, iniciou o seu percurso profissional em 1995, na RTP, ano em que recebeu o Prémio de Ensaio do Clube Português de Imprensa. Trabalhou na investigação para programas de informação e também em várias redacções da estação televisiva, incluindo na do Telejornal. Abandonou o jornalismo em 1999, nunca deixando de trabalhar na área da Comunicação. Foi, entre outras coisas, Adjunta do Gabinete do Ministro da Cultura, Consultora sénior na Imago, responsável pela Comunicação e Imagem do Santander em Portugal, Directora de Estratégia da Brandia Central, onde assumiu a Direcção-Geral em Janeiro de 2009. É, desde Maio de 2010, Directora de Comunicação e Responsabilidade Corporativas do Grupo Jerónimo Martins. Tem duas filhas: a Mariana e a Constança.

  • Texto _Isabel Stilwell

    Isabel Stilwell

    Nasceu em 1960, é jornalista e escritora. No seu percurso profissional enquanto jornalista, trabalhou no “Diário de Notícias”, fundou e dirigiu a revista “Pais & Filhos”, foi Directora da revista “Notícias Magazine”, do “Diário de Notícias”, e do jornal diário “Destak”. É autora de diversas obras de ficção, contos e histórias para crianças, como as “Histórias para contar num minuto e meio”. Mais recentemente, publicou romances históricos de grande êxito, como o bestseller “D. Filipa de Lencastre” ou “D.Maria II”. Em conjunto com Eduardo Sá, participa no programa “Dias do Avesso”, na Antena 1. É mãe de três filhos, Francisco, Ana e Madalena, e avó de duas netas, Carmo e Madalena.

     

  • ZitaSeabra_2015

    Zita Seabra

    Após intensa actividade política (foi deputada à Assembleia da República entre 1975 e 1988 e presidente do Instituto Português de Artes Cinematográfica e Audiovisual, entre outras funções), é editora e dirige, desde 2005, a Alêtheia Editores, da qual é fundadora, assim como a Várzea da Rainha Impressores. Há longos anos no meio editorial, foi editora da Quetzal e também administradora e directora editorial da Bertrand Editora.

    É autora de «Foi Assim» (Alêtheia, 2007) e de «O Nome das Coisas» (1988). Escreveu ainda, em co-autoria com o Pe. Gonçalo Portocarrero de Almada, os livros «As palavras da Palavra» (Alêtheia, 2013) e «Auto-de-Fé» (Alêtheia, 2012).

     

  • SusanaOliveira

    Susana Oliveira

    Susana Oliveira é Professora de Desenho na FA.UL e orienta diversos projectos em Ilustração. Tem o curso de Pintura, o mestrado em Estética e Filosofia da Arte e é doutorada em Comunicação e Cultura pela FCSH-UNL com a tese “Lições das Sombras” (Fundação Calouste Gulbenkian/FCT: 2012) . É ainda autora de diversos artigos e capítulos de livros nas áreas de cultura visual e teoria da imagem.

    Foi bolseira da Fundação Colabora desde 1989 como ilustradora na imprensa, em vários livros escolares e em mais de quinze livros para o público infanto-juvenil, de Clara Pinto Correia, António Torrado, Clarisse Lispector, Oscar Wilde, P.L. Travers e Carlo Collodi, entre outros, para as editoras Civilização e Relógio d’Água. É mãe do Afonso e da Beatriz.

     

  • Ilustracao _Ines Moura Paes

    Inês Moura Paes

    Nasceu em 1979, é ilustradora de livros infantis e autora da ilustração da colecção “Histórias para Miúdas e Miúdos”, um exclusivo do Pingo Doce, que inclui a colecção “História de Portugal para Miúdas e Miúdos”, tendo já publicado “D. Dinis”, “D. João I”, “D. Manuel I” e “D. João IV”), as “Lengalengas para Miúdas e Miúdos” e “O Natal para Miúdas e Miúdos”. Ilustrou outros livros como “A Fada que Perdeu o Dente” e “O Verdadeiro Pai Natal”, estes dois últimos integrantes do Plano Nacional de Leitura.

  • Sara Miranda

    Sara Miranda

    Nasceu em 1973, estudou Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova e, depois de um estágio no Público, iniciou o seu percurso profissional em 1995, na RTP, ano em que recebeu o Prémio de Ensaio do Clube Português de Imprensa. Trabalhou na investigação para programas de informação e também em várias redacções da estação televisiva, incluindo na do Telejornal. Abandonou o jornalismo em 1999, nunca deixando de trabalhar na área da Comunicação. Foi, entre outras coisas, Adjunta do Gabinete do Ministro da Cultura, Consultora sénior na Imago, responsável pela Comunicação e Imagem do Santander em Portugal, Directora de Estratégia da Brandia Central, onde assumiu a Direcção-Geral em Janeiro de 2009. É, desde Maio de 2010, Directora de Comunicação e Responsabilidade Corporativas do Grupo Jerónimo Martins. Tem duas filhas: a Mariana e a Constança.

  • Ilustracao _Pedro Sousa Pereira

    Pedro Sousa Pereira

    Nasceu em 1966, é ilustrador de livros como “Comandante Hussi”, “Nem tudo começa com um beijo” e “Paralelo 75”. Ilustrou igualmente a “Tabacaria”; “Mensagem” de Fernando Pessoa; “Só” de António Nobre, além de autor de várias coleções temáticas para a Vista Alegre como o Centenário da República e “Vimaranes” sobre Guimarães. Enquanto jornalista, trabalhou na Rádio Nova do Porto; Rádio Macau e integrou os quadros da SIC e da SIC – Notícias. Atualmente é repórter da agência Lusa. É pai de três filhas: Rita, Leonor e Carlota, sempre muito inspiradoras. 

  • ZitaSeabra_2015

    Zita Seabra

    Após intensa actividade política (foi deputada à Assembleia da República entre 1975 e 1988 e presidente do Instituto Português de Artes Cinematográfica e Audiovisual, entre outras funções), é editora e dirige, desde 2005, a Alêtheia Editores, da qual é fundadora, assim como a Várzea da Rainha Impressores. Há longos anos no meio editorial, foi editora da Quetzal e também administradora e directora editorial da Bertrand Editora.

    É autora de «Foi Assim» (Alêtheia, 2007) e de «O Nome das Coisas» (1988). Escreveu ainda, em co-autoria com o Pe. Gonçalo Portocarrero de Almada, os livros «As palavras da Palavra» (Alêtheia, 2013) e «Auto-de-Fé» (Alêtheia, 2012).

     

Voltar ao Topo